Ela pingou leite materno em bactérias e o resultado é fantástico!

Uma foto que mostra o leite materno combatendo bactérias está causando alvoroço na internet. Na imagem, um pingo de leite materno em meio à uma colônia de bactérias forma nitidamente uma barreira que a contaminação não consegue furar. São seis placas de Petri (aqueles vidrinhos de laboratório) com diferentes culturas de bactéria. Em todas elas, o leite segue intacto!

As fotos são resultado da pesquisa da estudante de biociências da South Devon College, na Inglaterra, Vicky Greene. A estudiosa estava fazendo uma pesquisa de microbiologia e decidiu observar como o leite da mãe se comporta em um ambiente contaminado, e o resultado foi fantástico: ele forma uma verdadeira barreira contra bactérias, impedindo que elas sobrevivam ali. O resultado foi tão contundente que Vicky resolveu compartilhá-lo em suas redes sociais.

Leite materno é escudo para bactérias

“Eu sou uma estudante do primeiro ano de Biociência e eu estou fazendo isso para o meu projeto de pesquisa em microbiologia. A primeira amostra, onde está escrito BmA, é de uma mãe amamentando um bebê de 15 meses. E a segunda amostra, BmB, é de uma mãe amamentando um bebê de três anos”.

O post foi um sucesso e já foi compartilhado mais de 25 mil vezes. O mais legal da experiência é que ela mostra que o leite da mãe é eficaz em qualquer período da amamentação, já que foram usadas amostras de leite de mulheres que amamentam por períodos bem distintos.

“O leite materno é a parte branca no meio dos potinhos. No restante do potinho coloquei a bactéria M. Luteus. Mas note que ao redor do leite materno há uma coloração diferente. Esta cor está diferente porque nesta área as proteínas do leite materno estão COMBATENDO as bactérias!! Eu estou tão animada! Isto também ocorreu com a bactéria E. coli, que causa diarreia. O futuro será brilhante e o futuro é o leite materno!”, disse Vicky.

Agora, a pesquisadora pretende estudar os efeitos do colostro, que é o leite que a mulher produz logo após o nascimento do filho. Nesse momento, o que se pode concluir é que a pesquisa de Vicky só vem confirmar o que já sabemos há muito tempo: o leite materno é mesmo o alimento mais completo e seguro para seu bebê. A amamentação exclusiva até os seis meses fortalece a imunidade do bebê, o deixa menos suscetível a alergias e fortalece sua flora intestinal, entre outros benefícios.

Fonte:  lebct.com.br/58848

Tags