Café com leite (pingado)

  1. O café, base do pingado, tem de ser honesto, de boa procedência e qualidade.
  2. O pingado perfeito usa apenas um pouco de leite, o suficiente para criar uma cor de caramelo quando misturado ao café. A "média" (outro clássico de padaria) é uma variação com metade leite e metade café.
  3. Adoce a gosto, mas lembre-se: um bom café e um bom leite são levemente adocicados por natureza.
  4. O preparo de café tem de ser correto, seja como cafezinho (no coador de pano ou papel) ou espresso. (Regras de bom preparo, que falam da quantidade de pó e qualidade da água, devem ser observadas).
  5. Café gostoso é o preparado na hora, de preferência. Não deixe o café por muito tempo em garrafa térmica ou sob aquecimento, pois isso leva à oxidação e, portanto, a uma perda de sabores.
  6. Se o seu pingado for feito com espresso, o café pode ser diluído como um “carioca” antes da adição do leite. Diluir o café, sim; diluir o leite, nunca.
  7. Parece bobagem, mas nunca é demais lembrar: use sempre leite de boa procedência.
  8. O ideal é usar o integral, mais encorpado que os demais. Mas desnatado ou semidesnatado, para o caso de restrições alimentares, também vão bem.
  9. Evite ferver ou aquecer continuamente o leite. Assim, ele não perde sabor e qualidades nutritivas.
  10. O melhor acompanhamento para o pingado ainda é o bom e velho pão na chapa.

Tags